Os olhares de esperança nas paredes de Goiânia: conheça a arte de Decy Graffiti

Rostos e olhares de negros e indígenas marcam o realismo que Decy Graffiti deixa em murais coloridos e cheios de expressão

Valtecy Ferreira Batista, mais conhecido como Decy Graffiti, aos 44 anos já deixou um grande legado da sua arte pelas ruas de Goiânia e em outros estados do país.

decy graffiti
Foto: Mayara Varalho

Decy conta que desde criança sempre gostou de desenhar, mas iniciou na arte de rua por conta de seu filho mais velho: “Em 2009 fui acompanhar meu filho, na época com 13 anos a fazer grafite na rua. Eu gostei tanto da experiência que virou um hobbie e hoje profissão.

decy graffiti
Foto: Mayara Varalho

Parede, muro, caixas de empresas de telefonia e muito mais: tudo vira tela para o artista que já perdeu as contas de quantas artes já realizou até hoje, durante seus quase 11 anos de carreira. Este é também o sustento de sua família.

decy graffiti goiânia

Sua maior fonte de inspiração são negros e indígenas. Em sua maioria crianças, sempre com olhares fortes em direção ao alto, numa expectativa de esperança. “Sempre foco no olhar na hora do grafite, pois através dele consigo colocar vida na arte“, conta.

decy graffiti índio
Em parceria com Wes Gama e André Morbeck

Apesar de desenhar sempre negros e exaltar a cultura afro e indígena, Decy já sofreu preconceitos por conta da sua cor. “Já sofri varias formas de preconceitos e o fato de estar fazendo arte na rua isso implica ainda mais”.

decy graffiti goiânia
Setor Sudoeste, C-12 c/ C-55. 

O goiano pega referencias de uma foto e faz a reprodução direto na parede. Além dos rostos, Decy também desenha algumas mandalas e criou um novo estilo próprio que ele mesmo denomina “ilusão de ótica”, que dá a impressão de um buraco fundo na parede.

decy graffiti goiânia

Quando Decy está pintando, ele sente que passou para outra dimensão: “Pintar é como se fosse um portal que me transmite para uma dimensão, onde eu tenho total liberdade para fazer o que eu gosto sem pensar em qualquer outra coisa.

decy graffiti goiânia olhar
” Cada olhar possui uma história e carrega uma força nele”

Minha arte me ensina a ser mais disciplinado, gentil, educado e mais coerente com as coisas. Mas uma das das principais coisas que ela me ensinou, é ser uma pessoa mais simples.

decy graffiti goiânia mural
Bacião – Setor Sul.

Decy já trabalhou com diversos artistas como André Morbeck, Wes Gama, Mateus Dutra, Eduardo Aiog, José IOWA, Eduardo Luz entre outros. O goiano também realizou algumas exposições, uma delas a “Preto e Cores”, que ele afirma ser a mais importante de sua carreira. Além disso, recentemente recebeu uma homenagem na Assembleia Legislativa como representante da arte em Goiás.

decy graffiti goiânia morbeck
Decy e Morbeck no Bosque dos Pássaros.

Em 2020, Decy grafitou uma das paredes do Art Space, a sede oficial do Coração de Rua, transformando a intervenção na galeria mais um ponto turístico da cidade.

decy graffiti goiânia art space
Foto: @aproveiteacidade

Foi em Campo Grande, no Mato Grosso do Sul, onde a primeira junção da arte com a natureza foi feita. Uma das marcas registradas do artista. Ele conta que foi feita de forma natural, sem perceber que a natureza completaria a arte. “Foi a que me colocou em conexão com o mundo.

Resultado de imagem para decy graffiti campo grande

Ao ser questionado sobre o futuro, o artista diz que gosta de pensar no agora. “Eu não penso em relação ao futuro tão distante. O destino a Deus pertence. Não me preocupo. Temos que pensar no futuro, mas não neste aspecto. Tem que deixar rolar“.

Mural decy graffiti goiânia
Bacião – Setor Sul.

Eu não tento mudar o mundo, mas tento deixar uma mensagem com meu trabalho. Eu gosto sempre de tratar a imagem do ser humano com o olhar bem pra cima, com um sinal de esperança.”

decy graffiti goiânia criança olhar
Campo Grande (MS)

O legado que eu quero deixar são minhas obras como uma forma de comunicar com a sociedade, alegrando o dia de cada um que tem contato com elas.

decy graffiti goiânia áfrica
Bacião – Setor Sul.
Foto: @virginaviana

Gostou deste post ? Deixe seu comentário e assine a newsletter para receber mais conteúdos do blog.