Gripe espanhola: em fotos, a maior e pior pandemia de todos os tempos

Há cerca de 100 anos atrás, o mundo inteiro estava se recuperando de uma Guerra que matou milhões de pessoas. Como se não bastasse, logo mais enfrentou algo ainda mais mortal: a gripe espanhola.

Resultado de imagem para השפעת הספרדית
PhotoQuest
Resultado de imagem para mascara antiga de medico
Topical Press Agency

Estima-se que entre 50 e 100 milhões de pessoas tenham morrido entre 1918 e 1920, por conta da gripe espanhola, chegando a afetar cerca de 50% da população mundial, enquanto a Primeira Guerra Mundial, nos seus quatro anos de duração, matou aproximadamente 8 milhões de pessoas.

Resultado de imagem para 1918 influenza pandemic gripe espanhola
Underwood Archives
Resultado de imagem para influenza spagnola 1918 morti

O mundo passou por muitas pandemias desde então. Houve pelo menos três de gripe, mas esta foi uma das pandemias mais letal da história da humanidade.

Resultado de imagem para did the spanish flu start gripe espanhola
Topical Press Agency

As três ondas da Gripe Espanhola

  1. A primeira onda aconteceu entre março e abril, no Kansas, Estados Unidos, num campo de treinamento de tropas destinadas ao front da 1ª Guerra e, apesar de ter sido considerada branda, levou à morte, em todo o primeiro semestre, aproximadamente dez mil pessoas, grande parte atribuídas à pneumonia.
  2. A segunda onda, aconteceu quando, depois de percorrer os continentes, retornou aos Estados Unidos em agosto, matando milhões, transformada “em algo monstruoso, parecendo-se muito pouco com o que é comumente considerado gripe”, com uma taxa de letalidade de 6 a 8%.
  3. A terceira onda foi mais moderada e aconteceu no início de 1919, de fevereiro a maio daquele ano. No entanto, “Nada – nem infecção, nem guerra, nem fome – jamais tinha matado tantos em tão pouco tempo”.
Resultado de imagem para us flu epidemic 1918
Apic

A Gripe Espanhola no Brasil

A pandemia chegou a matar mais de 35 mil pessoas no país. Segundo o Instituto Butantan, foram “[…] 12.700 no Rio de Janeiro, 6.000 em São Paulo, 1.316 em Porto Alegre, 1.250 em Recife e 386 em Salvador.”.

Resultado de imagem para gripe espanhola no brasil

Em Manaus, foram quase 900 mortos, com 9.000 infectados, entretanto, as autoridades de saúde estimaram que o número de mortos pudesse ser bem maior por conta da lotação dos cemitérios da cidade.

Resultado de imagem para gripe espanhola no brasil

Muitas pessoas morreram sem obituário ou sequer entraram para as estatísticas da capital amazonense. A doença foi tão severa que vitimou até o Presidente da República, Rodrigues Alves, em 1919.

Resultado de imagem para Rodrigues Alves, em 1919 gripe espanhola

Gostou deste post? Deixe seu comentário e assine a newsletter para receber mais conteúdos do blog.