A arte em tempos de coronavírus

Em tempos de pandemia do novo coronavírus, as sacadas de prédios viraram palco de shows e grafiteiros expressam o isolamento nas paredes pelo mundo

Um jovem grego de 16 anos de idade dá retoques no grafite de uma mulher usando uma máscara, inspirado na pandemia do coronavírus, no telhado do prédio onde ele mora em Atenas. Foto de terça-feira (17) — Foto: Thanassis Stavrakis/AP
Foto: Thanassis Stavrakis/AP

Um jovem grego de 16 anos de idade dá retoques no grafite de uma mulher usando uma máscara, inspirado na pandemia do coronavírus, no telhado do prédio onde ele mora em Atenas.

A tradicional e aristocrática música erudita teve de se curvar à excepcionalidade do momento – de portas fechadas, todas as terças e quintas-feiras, até o dia 16 de junho, a OSESP disponibiliza na página do YouTube da Sala São Paulo concertos marcantes de sua história, acessiveis a quem desejar.

Grafite representando o presidente sírio Bashar al-Assad como o coronavírus é visto na parede de uma escola destruída em Binnish, bairro de Idlib, perto da fronteira com a Turquia. Foto de 10 de março — Foto: Ozan Kose/AFP
Foto: Ozan Kose/AFP

Grafite representando o presidente sírio Bashar al-Assad como o coronavírus é visto na parede de uma escola destruída em Binnish, bairro de Idlib, perto da fronteira com a Turquia.

No dia 29 de março, o cantor Gusttavo Lima realizou uma live de um show sem público, em sua casa (em Goiânia), para mais de 10 milhões de pessoas online acompanhando o sertanejo. O artista quebrou dois recordes: a live com maior quantidade de pessoas simultâneas (730 mil) e maior quantidade no total (10 milhões).

Na fachada de um hospital de Bergamo, na Itália, a frase "A todos vocês... Obrigado!" é vista sobre o desenho de um integrante de qeuipe médica abraçando o mapa do país. O desenho em agradecimento às equipes médicas italianas que se expõem ao coronavírus pelo bem da sociedade ganhou destaque nas redes sociais e foi colocado na parede do Hospital Papa Giovanni XXIII. A autoria é do artista veneziano Franco Rivolli — Foto: Luca Bruno/AP
Foto: Luca Bruno/AP

Na fachada de um hospital de Bergamo, na Itália, a frase “A todos vocês… Obrigado!” é vista sobre o desenho de um integrante de qeuipe médica abraçando o mapa do país. O desenho em agradecimento às equipes médicas italianas que se expõem ao coronavírus pelo bem da sociedade ganhou destaque nas redes sociais e foi colocado na parede do Hospital Papa Giovan.

22 de agosto - Os dançarinos Lavinia Vago, Thomas House e Kate Wallish participam de uma transmissão por stream de 'Dance Church Go', uma escola de dança que dá aula por streaming, em Seattle, nos EUA. A transmissão de domingo (22), feita ao vivo pela internet, teve mais de mil espectadores. Os organizadores pedem contribuições dos participantes — Foto: Brian Snyder/Reuters
Foto: Brian Snyder/Reuters

Os dançarinos Lavinia Vago, Thomas House e Kate Wallish participam de uma transmissão por stream de ‘Dance Church Go’, uma escola de dança que dá aula por streaming, em Seattle, nos EUA. A transmissão feita ao vivo pela internet, teve mais de mil espectadores. Os organizadores pedem contribuições dos participantes.

Ntsika Ntsele, 13 anos, toca saxofone alto enquanto seu vizinho olha por cima de uma cerca em Soweto, África do Sul, em 29 de março de 2020. REUTERS / Siphiwe Sibeko
REUTERS / Siphiwe Sibeko

Ntsika Ntsele, 13 anos, toca saxofone alto enquanto seu vizinho olha por cima de uma cerca em Soweto, África do Sul.

Pôster mostra o Tio Sam de máscara com a frase traduzida do inglês 'Eu quero que você fique em casa', alterando a fala usada para recrutar jovens para o Exército americano ('Eu quero você'), em rua de Barcelona, na Espanha. A obra do artista TVBoy é inspirada nos tempos de quarentena diante da pandemia do coronavírus — Foto: Josep Lago/AFP
Foto: Josep Lago/AFP

Pôster mostra o Tio Sam de máscara com a frase traduzida do inglês ‘Eu quero que você fique em casa’, alterando a fala usada para recrutar jovens para o Exército americano (‘Eu quero você’), em rua de Barcelona, na Espanha.

A obra do artista TVBoy é inspirada nos tempos de quarentena diante da pandemia do coronavírus.

Mulher passa diante de um grafite de Buda usando uma máscara para evitar contágio em tempos de coronavírus, em Mumbai, na Índia, na segunda-feira (16) — Foto: Indranil Mukherjee/AFP
Foto: Indranil Mukherjee/AFP

Mulher passa diante de um grafite de Buda usando uma máscara para evitar contágio em tempos de coronavírus, em Mumbai, na Índia.

Homem passa por um grafite que mostra o personagem Gollum, da série de livros e filmes 'Senhor dos Anéis', segurando um rolo de papel higiênico e chamando-o de 'Meu precioso' (em alemão). A arte foi feita em uma rua de Berlim, na Alemanha — Foto: Annegret Hilse/Reuters
Foto: Annegret Hilse/Reuters

Homem passa por um grafite que mostra o personagem Gollum, da série de livros e filmes ‘Senhor dos Anéis’, segurando um rolo de papel higiênico e chamando-o de ‘Meu precioso’ (em alemão). A arte foi feita em uma rua de Berlim, na Alemanha.

19 e março - Mulher fotografa um novo mural surgido na Bank Street em Glasgow, na Escócia, que mostra um casal abaixando as máscaras para trocar um beijo. De autoria do artista de rua conhecido como Rebel Bear, a obra é inspirada em barreiras provocadas ela pandemia do coronavírus — Foto: Andrew Milligan/PA via AP
Foto: Andrew Milligan/PA via AP

Mulher fotografa um novo mural surgido na Bank Street em Glasgow, na Escócia, que mostra um casal abaixando as máscaras para trocar um beijo. De autoria do artista de rua conhecido como Rebel Bear, a obra é inspirada em barreiras provocadas ela pandemia do coronavírus.

25 de março - Grafiteiros desenham mãos se lavando com sabão no muro de uma escola no bairro de Parcelles Assainies, em Dakar, no Senegal — Foto: Sylvain Cherkaoui/AP
Foto: Sylvain Cherkaoui/AP

Grafiteiros desenham mãos se lavando com sabão no muro de uma escola no bairro de Parcelles Assainies, em Dakar, no Senegal.

19 de março - Mulher passa de máscara ao lado de um grafite de um casal se beijando sem tirar as máscaras em tempo de coronavírus, obra do artista C215 que surgiu recentemente em um muro de Ivry-sur-Seine, perto de Paris, na França — Foto: Christophe Ena/AP
Foto: Christophe Ena/AP

19 de março – Mulher passa de máscara ao lado de um grafite de um casal se beijando sem tirar as máscaras em tempo de coronavírus, obra do artista C215 que surgiu recentemente em um muro de Ivry-sur-Seine, perto de Paris, na França.

30 de março - Mural faz homenagem a equipes médicas em tempos de pandemia de coronavírus em Varsóvia, na Polônia — Foto: Adam Stepien/Agencja Gazeta via Reuters
Foto: Adam Stepien/Agencja Gazeta via Reuters

Mural faz homenagem a equipes médicas em tempos de pandemia de coronavírus em Varsóvia, na Polônia.

19 de março - A cantora espanhola de blues Beatriz Berodia 'Betta' canta de uma varanda durante uma das apresentações diárias para homenagear os trabalhadores da área da saúde em tempos de coronavírus e para alegrar a vida em quarentena da vizinhança, em um bairro de Madri, na Espanha — Foto: Susana Vera/Reuters
Foto: Susana Vera/Reuters

A cantora espanhola de blues Beatriz Berodia ‘Betta’ canta de uma varanda durante uma das apresentações diárias para homenagear os trabalhadores da área da saúde em tempos de coronavírus e para alegrar a vida em quarentena da vizinhança, em um bairro de Madri, na Espanha.

Luis Carlos Colman em show na sacada com a esposa, Ana Paula. Casal tem tocado todo fim de semana, no isolamento em casa. — Foto: Carlos Colman/Arquivo Pessoal
Foto: Carlos Colman/Arquivo Pessoal

Sem poder tocar em bares, pubs e restaurantes, fechados após a pandemia, o músico, de 63 anos, resolveu montar seus equipamentos na varanda de casa. Acompanhado da esposa, Ana Paula, que também é musicista, os dois viralizaram nas redes sociais com a iniciativa.

23 de março - O artista sírio Aziz al-Asmar posa com crianças diante de sua nova obra, que representa o agente da Covid-19 com as frases em árabe: 'O Corona do qual você não gosta lhe deixa doente' e 'Leve-o a sério', em um muro de Binnish, Idlib, no noroeste da Síria — Foto: Muhammad Haj Kadour/AFP
Foto: Muhammad Haj Kadour/AFP

23 de março – O artista sírio Aziz al-Asmar posa com crianças diante de sua nova obra, que representa o agente da Covid-19 com as frases em árabe: ‘O Corona do qual você não gosta lhe deixa doente’ e ‘Leve-o a sério’, em um muro de Binnish, Idlib, no noroeste da Síria.

20 de março - Mulheres dançam em uma varanda de Roma, na Itália, respondendo ao chamado coletivo de flash mob feito por diversas rádios italianas em tempos de quarentena devido ao coronavírus. As rádios tocaram a mesma música e pediram que as pessoas dançassem em suas casas para promover a alegria — Foto: Yara Nardi/Reuters
Foto: Yara Nardi/Reuters

Mulheres dançam em uma varanda de Roma, na Itália, respondendo ao chamado coletivo de flash mob feito por diversas rádios italianas em tempos de quarentena devido ao coronavírus. As rádios tocaram a mesma música e pediram que as pessoas dançassem em suas casas para promover a alegria.

O pianista amador Alberto Gestoso Arce, 37 anos, toca de sua varanda para vizinhos perto da Basílica da Sagrada Família em Barcelona, ​​Espanha, em 21 de março de 2020. REUTERS / Nacho Doce
REUTERS / Nacho Doce

O pianista amador Alberto Gestoso Arce, 37 anos, toca de sua varanda para vizinhos perto da Basílica da Sagrada Família em Barcelona, ​​Espanha.

21 de março - Artistas do grupo senegalês de grafite RBS Crew finalizam o desenho de uma mulher cobrindo o nariz com um lenço enquanto espirra, medida recomendada para prevenção contra o coronavírus, em um centro universitário de Dakar, no Senegal — Foto: Seyllou/Reuters
Foto: Seyllou/Reuters

Artistas do grupo senegalês de grafite RBS Crew finalizam o desenho de uma mulher cobrindo o nariz com um lenço enquanto espirra, medida recomendada para prevenção contra o coronavírus, em um centro universitário de Dakar, no Senegal.

Foto: Andrew Kelly/Reuters

A bailarina e performer Ashlee Montague usa uma máscara de gás enquanto dança na Times Square, famosa praça de Nova York, que está com movimento bem menor que o normal devido às restrições do coronavírus.

22 de março - O artista e designer Edgartista dá retoques no seu mural que diz: 'O amor é conagiante. Espalhe-o', durante quarentena devida ao coronavírus, no Brooklyn, em Nova York — Foto: Andrew Kelly/Reuters
Foto: Andrew Kelly/Reuters

O artista e designer Edgartista dá retoques no seu mural que diz: ‘O amor é conagiante. Espalhe-o’, durante quarentena devida ao coronavírus, no Brooklyn, em Nova York.

Foto: Caitlin Ochs/Reuters

O DJ e produtor de eventos Nash Petrovic faz uma apresentação do telhado de seu apartamento no Brooklyn, em Nova York, transmitida ao vivo por stream durante quarentena devido à pandemia de coronavírus.

29 de março - Artista palestino finaliza um mural com a frase: 'Combatendo a epidemia, nós protegemos o ser humano e preservamos a Terra', em Rafah, no sul da Faixa de Gaza — Foto: Mohammed Abed/AFP
Foto: Mohammed Abed/AFP

Artista palestino finaliza um mural com a frase: ‘Combatendo a epidemia, nós protegemos o ser humano e preservamos a Terra’, em Rafah, no sul da Faixa de Gaza.